conflict style

Instrutores descrevem como usar o Style Matters

O que dizem os instrutores sobre o Style Matters

Sua pontuação foi alta para o estilo Evasivo em situação de estresse 

Isso sugere que quando o estresse e a tensão estão altos, você dá um passo atrás ou recua para manter a calma. Os Evasivos têm pontos fortes e fracos únicos dos quais você deve estar ciente.

Low in Avoiding style of conflict resolution

estilo Evasivo é muito útil. Os pontos fortes associados ao uso produtivo deste estilo incluem:

  • Capacidade de ficar longe de confrontos desnecessárias sobre questões triviais que não valem o tempo e a energia consumidos pelo confronto.
  • Calma e estabilidade.
  • Conservação de tempo e energia.
  • Cuidado diante do risco. O estilo Evasivo proporciona cautela e planejamento. Dá espaço para refletir sobre as coisas, prestar atenção aos detalhes e calcular os custos. Os Evasivos não se precipitam em algo novo ou arriscado e, se suas necessidades de reflexão e procedimento cuidadoso forem atendidas, eles podem trazer grande confiabilidade na implementação dos acordos resultantes.

Mas não use em excesso. Cada estilo tem custos que vêm com o excesso de confiança do seu uso. Com o estilo Evasivo isso não é imediatamente óbvio. As coisas podem ficar tranquilas por um tempo! Mas o uso excessivo desse estilo tem altos custos no longo prazo, que incluem:

  • Paralisia ou falta de resolução de questões importantes.
  • Explosões periódicas de raiva reprimida. Agir de forma evasiva não resolve o conflito; apenas evita o confronto. A certa altura, sua raiva pode atingir um nível em que você não é mais capaz de ficar em silêncio e contê-la. Isso pode criar "longos períodos de profundo silêncio interrompido por explosões periódicas".
  • Acúmulo residual de emoções negativas que podem envenenar um relacionamento, levando a...
  • Morte lenta dos relacionamentos.
  • Estagnação, entorpecimento, diminuição do interesse e da energia.
  • Perda de envolvimento, confiança e responsabilidade para com os outros.

Como manter o equilíbrio sendo EvasivoVocê pode adotar determinados comportamentos para se beneficiar do emprego equilibrado do estilo Evasivo e reduzir os impactos negativos de seu uso excessivo:

  • Reconheça o conflito como uma parte inevitável da vida que pode de fato trazer resultados valiosos. Existem muitos sites e livros sobre o desenvolvimento de habilidades para resolução de conflitos. Consulte a seção sobre o estilo Evasivo na página de recursos gratuitos em nosso site para obter ideias. Estudá-los pode aumentar sua confiança em que você realmente é capaz de falar e de resolver os conflitos.
  • Expanda o uso de outros estilos para que você tenha menor probabilidade de usar o estilo Evasivo em excesso. Tente ser Conciliador - este estilo compartilha a preocupação do Evasivo em não prolongar a discussão sobre diferenças. No entanto, o Conciliador investe algum esforço na discussão e busca ativamente um compromisso razoável.
  • Aborde conversas e decisões importantes em etapas. Alguns Evasivos têm uma forte orientação para examinar detalhes e compreender as implicações antes de se comprometerem. Eles provavelmente dirão NÃO a qualquer coisa que requeira uma resposta imediata. Se você reconhece isso em si mesmo, aborde a discussão de maneira que transforme esse padrão de comportamento em um ponto forte. Proponha uma abordagem em etapas para a discussãoPrimeiro passo: discussão para identificar as questões ou problemas . Segundo passo: tempo individual para reflexão sobre o assunto.
      Terceiro passo: nova discussão com a outra parte envolvida Saiba que outros estilos, particularmente o Competitivo, preferem discussão e resolução imediatas, mas geralmente aceitam uma abordagem em fases se estruturada de forma específica, utilizando - quando, onde, por quanto tempo, etc.
    • Dê a si mesmo espaço para examinar fatos, detalhes, precedentes, etc., como parte de um processo de negociação.
    • Leia ou faça um curso para desenvolver sua habilidade de assertividade.
    • Mantenha uma disciplina pessoal de descanso, reflexão, quietude, registro diário, etc. Isso ajuda todos os estilos, e ainda mais os Evasivos.

    Estratégias de apoio para Evasivos. Os conflitos mais difíceis muitas vezes acontecem com pessoas próximas, como nossos parceiros e colegas. As estratégias de apoio, listadas a seguir, são indicadas para parceiros que desejam ajudar você a alcançar seu melhor desempenho. Dada sua tendência em adotar o estilo Evasivo, a outra parte deve considerar adotar essas estratégias com você, quando surgirem desentendimentos:
    • Seja discreto. Quando os outros são intensos ou exigentes, um Evasivo pode se retrair ainda mais. Para fazer um Evasivo se envolver é mais produtivo criar um espaço seguro ao invés de incitá-lo a participar.
    • Dê espaço e tempo para ele se retirar e refletir. Mais do que outros estilos, os Evasivos precisam disso.
    • Mova-se lentamente, um passo de cada vez. A pressa na tomada de decisões pode levar os Evasivos a um retrocesso ou paralisia.
    • Forneça informações dando tempo para revisá-las. Alguns Evasivos são focados na tarefa de uma maneira particular: Eles são cuidadosos e atenciosos aos detalhes em tudo o que fazem. Eles tomam cuidado para não colocar coisas importantes em risco. Eles querem ser confiáveis ​​e consistentes. Os Evasivos precisam de dados e informações, apresentados de forma calma e metódica, para se sentirem confortáveis em uma negociação. Recomenda-se fazer esforços especiais para fornecer-lhes detalhes relevantes sobre planos, opções, custos, regras, precedentes de outros lugares, resultados esperados, como as surpresas serão tratadas, etc. Se possível, dê a um Evasivo tempo para absorver essas informações antes de iniciar a negociação.
    • Use uma abordagem de três etapas. Existe maior probabilidade de se obter um “sim” como resposta de um Evasivo com uma abordagem de três etapas. Primeiro: deixe um Evasivo saber - de uma forma relaxada - que uma discussão é necessária e peça um tempo para tê-la. Segundo: dê tempo para o Evasivo pensar nas coisas - uma hora, um dia ou uma semana. Terceiro: Faça a discussão.