conflict style

Instrutores descrevem como usar o Style Matters

O que dizem os instrutores sobre o Style Matters

 Você teve alta pontuação no estilo Conciliador em estado de estresse

Isso sugere que em situações de tensão você busca soluções intermediárias entre a sua e a dos demais participantes. Você tem esperança de que se todos saírem de suas posições, o conflito possa terminar. O estilo Conciliador tem pontos fortes e pontos fracos e você deve estar consciente deles.

High in Compromising style of conflict resolution

O estilo Conciliador é muito útilem algumas situações. As vantagens da utilização desse estilo pragmático incluem:

  • Justiça e moderação. Conciliadores não forçam as situações a um ponto extremo.
  • Rapidez. Às vezes, um acordo aceitável pode ser obtido com bastante rapidez.
  • Familiaridade. A ideia de cada um ceder um pouco em suas posições é prontamente entendida e traz à tona os reais interesses  das pessoas.
  • Praticidade. Um acordo  permite que a vida siga adiante.

Mas não use demais esse estilo. Apesar de suas inúmeras vantagens, o estilo Conciliador apresenta algumas desvantagens. Se em todos os conflitos você propuser que cada uma das partes fique com a metade do todo para resolver a questão corre o risco de:

  • Comprometer princípios importantes ou não atingir importantes metas. Há situações em que a integridade ou a proteção de pessoas e de recursos exige que você assuma uma posição firme e não negocie.
  • Aceitar soluções intermediárias que não abordem problemas reais ou desistir muito rapidamente de uma cuidadosa exploração para obter soluções eficazes.
  • Instabilidade, incapacidade de definir limites ou princípios.
  • Dificuldade para resolver conflitos futuros caso não haja princípios ou metas para orientar a solução de problemas.
  • Perda de oportunidades para envolver os outros com profundidade se você sempre buscar uma solução rápida.
  • Falta de comprometimento. Os envolvidos podem atrasar a implementação de soluções que não tiverem apoiado por completo.
  • Habilidades fracas de resolução de conflitos que geram resultados medíocres. Compromissos rápidos podem impedi-lo de desenvolver habilidades para analisar problemas com profundidade ou inibir conversas necessárias para construir um relacionamento profundo.

Passos que você pode utilizar para manter o equilíbrio.   Para diversificar suas habilidades de resolução de conflitos além do Estilo Conciliador você pode:

  • Expandir seu repertório para enfrentar diferentes estilos de conflito. Procure ser bom em todos os estilos.
  • Prestar atenção especial à Colaboração. O estilo Colaborativo difere do Conciliador devido a sua maior disposição para permanecer na incerteza, durante o tempo necessário para explorar questões e opções com outros. Pergunte a si mesmo: É importante obter uma solução rápida? Se não, o estilo Colaborativo pode ser uma estratégia melhor, pois tem mais possibilidade de gerar soluções criativas e completas.
  • Considere a sustentabilidade das soluções. O acordo aborda as reais questões? As pessoas com influência e poder de decisão apoiarão o resultado? Como você vai se sentir daqui a um ano em relação ao acordo firmado?
  • Considere valores. Avalie se os acordos são compatíveis com seus valores pessoais.

Estratégias de apoio para Conciliadores. Os conflitos mais difíceis muitas vezes acontecem com pessoas próximas, como nossos parceiros e colegas. As estratégias de apoio, listadas a seguir, são indicadas para parceiros que desejam ajudar você a alcançar seu melhor desempenho. Dada sua tendência em adotar o estilo Conciliador, a outra parte deve considerar adotar essas estratégias com você, quando surgirem desentendimentos:

  • Afirmar o compromisso de ser justo, realista, prático, moderado, razoável. Estes pontos são bons para aqueles que preferem o estilo Conciliador. Eles respondem bem quando outros trazem esses valores para uma conversa.
  • Estar disposto fazer concessões. Este é um movimento familiar e respeitado para o Conciliador, que muitas vezes retribuirá.
  • Utilizar uma abordagem de duas etapas. Com um Conciliador, isso significa: 1) Descrever honestamente ao Conciliador que solução seria escolhida primeiro; 2) Em seguida, indicar sua abertura para considerar algo no meio do caminho entre sua primeira escolha e a primeira escolha do Conciliador.
  • Encerrar a discussão e seguir em frente. Os Conciliadores são práticos. Não prolongue a discussão. Diga ao Conciliador o que você quer, encontre um ponto intermediário com o qual você possa conviver, e siga em frente. É especialmente importante ter isso em mente caso você prefira Colaborar e provavelmente tenha mais tolerância para uma longa discussão do que o Conciliador.